Página

Especialidades

Home

| Especialidades

Coluna

A coluna vertebral, ou espinha dorsal, é formada quase sempre por 33 vértebras, eventualmente 32 ou 34 vértebras, que são ligadas por articulações diversas entre si que são de dois tipos: uma maior com interposição dos discos intervertebrais na região anterior entre cada vértebra e duas menores atrás, por um duplo par de facetas interarticulares posteriormente, sendo duas facetas voltadas para cima e duas para baixo, formando de cada lado, posteriormente, na vértebra, duas articulações facetárias.

Joelho

A dor no joelho é um sintoma que pode surgir devido ao desgaste da articulação, ao excesso de peso ou às lesões esportivas que podem acontecer no jogo de futebol ou durante uma corrida, por exemplo.

Ombro

A articulação do ombro, como todas as articulações dos membros superiores, se desenvolveram e se adaptaram para ser uma articulação de função e não de carga, como é o caso de articulações dos membros inferiores. Para isso, os músculos e tendões presentes no ombro desempenham um papel importantíssimo para o bom funcionamento destas articulações. A causa mais comum de dor no ombro é quando os tendões são acometidos inicialmente por uma inflamação. Os tendões ficam inflamados ou danificados, configurando, assim, uma condição chamada de tendinite do manguito rotador.

O médico de pé tem como objetivos o diagnóstico de lesões e deformidades articulares, o reconhecimento de alterações biomecânicas e o correto tratamento das alterações ósseas, tendinosas e articulares do pé e tornozelo, sejam elas decorrentes de traumas agudos, doenças crônicas ou alterações congênitas.

Pelve

A pelve é a região anatômica inferior ao tronco. Também denominada como bacia, é dividida em duas regiões: pelve falsa e pelve verdadeira. Formada pelo osso do quadril (ílio, ísquio e púbis), pelo sacro e pelo cóccix, ela protege os órgãos da região pélvica e abdômen, além de sustentar o movimento da parte inferior do corpo.

Quadril

A maioria das fraturas do quadril resulta de quedas, mas, em pessoas idosas com osteoporose, os esforços de atividades normais, como virar-se na cama, levantar-se da cadeira ou caminhar, podem fraturar o quadril.

A articulação do quadril consiste na extremidade redonda superior (cabeça) do osso da coxa (fêmur) e parte do osso pélvico. A cabeça redonda do fêmur se encaixa na cavidade em forma de taça do osso pélvico formando uma articulação do tipo esfera e encaixe. Abaixo da cabeça, o fêmur se estreita, formando o colo do fêmur. Abaixo do colo situa-se uma área mais ampla que contém duas grandes protuberâncias (chamadas trocanteres). Os músculos fortes das pernas e nádegas estão fixos aos trocanteres por tendões.

Tornozelo

O tornozelo é muito suscetíveis a entorse, traumas e sobrecarga. Entorses com lesões ligamentares ou tendinosas, como lesão do tendão calcâneo (Aquiles). Para as dores, existem inúmeras causas e tratamentos. Muitas vezes apenas o uso de palmilhas pode ser a solução.

Convênios